terça-feira, 12 de junho de 2018

Fixação da prótese capilar invisível colada


Quando uma pessoa opta por usar uma reposição capilar indolor definitiva, está em busca do melhor resultado em um curto espaço de tempo e, ao mesmo tempo, conseguir manter as atividades rotineiras. Quem decide pela prótese invisível colada consegue alcançar este resultado, devido, principalmente, à forma com a qual ela é fixada.  Porém essa forma será definida de acordo com o perfil de quem vai usar.

Existem no mercado várias e várias opções para colar/fixar uma prótese no couro cabeludo, entre colas e adesivos. São tantas opções que até mesmo nós profissionais temos que ficar atentos a todas as novidades que os fabricantes disponibilizam. E os nomes também podem ser diversos. O motivo é simples: as vezes fornecedores diferentes dão nomes diferentes a produtos iguais.

Adesivos líquidos ou colas com poder de fixação fraca a forte, a prova d’água, a base de silicone ou de água, indicada para peles sensíveis e até com ação antibacteriana são algumas das opções existentes.  Tudo isso para atender a diversos públicos, tipos de pele e estilos de vida de quem deseja usar uma prótese capilar.

Fitas e colas para fixar a prótese capilar

Os adesivos ou fitas em rolos ou tiras, também conhecidos como Tapes, são os mais usados. Para se ter uma ideia, só o fornecedor que usamos aqui no Soluções Capilares, tem mais de 15 opções diferentes. Há diferença entre as larguras, comprimentos do rolo e formatos.

Formatos e tamanhos das fitas

Largura das fitas

Há ainda fitas que são para troca diária, semanal e até mesmo para 15 dias. Existem também as indicadas para peles sensíveis, para quem produz muito suor, aquelas que podem “melar” menos, as sem brilho. Existem até mesmo as de proteção e as medicinais. Mas atenção: Essa variedade não quer dizer que uma é melhor que a outra, mas sim qual a mais indicada para cada tipo de pele e a performance que o usuário deseja.

Os adesivos e fitas também variam de acordo com a película da prótese capilar. Se esta for em silicone (Micropele) há fitas mais indicadas; se for em tela (Lace) há outras opções mais específicas. É muito comum que o cliente experimente as diversas opções até saber exatamente qual será a mais adequada. E até mesmo para saber de quanto em quanto tempo será importante fazer a troca destes adesivos (tapes) ou colas.

Mas isto é assunto para a semana que vem. Um abraço e até a próxima terça-feira!




terça-feira, 5 de junho de 2018

Preparação do couro cabeludo para a reposição capilar indolor

A partir de hoje e durante todo o mês de junho, vou escrever sobre os produtos para manutenção e conservação da prótese capilar colada. Decidi falar sobre este tema por perceber as muitas dúvidas ainda existentes e também devido a diversidade de opções que o mercado oferece, ainda mais com a globalização onde todos nós temos acesso a quase tudo.

A preparação da pele é a parte mais importante para o êxito da fixação, uma vez que a cola/adesivo não suportam oleosidade e nenhum tipo de “sujeira”. Por isso, vou explicar o benefício de alguns produtos inovadores que os fabricantes de prótese e dos produtos para manutenção nos recomendam que sejam usados, principalmente em um clima tropical como o nosso.

Antes de aplicar a prótese é importante que a pele do couro cabeludo esteja em condições normais, sem machucados, lesões e já devidamente higienizada. Portanto para um resultado top a cabeça precisa estar limpinha. Tomados todos esses cuidados, sua pele estará 100% pronta para receber a prótese capilar.

Um item fundamental nesta primeira etapa é o Protetor de Couro Cabeludo, mais conhecido por Scalp Protection. Ele cria uma barreira de proteção, inibindo qualquer possível irritação, além de ser formulado com substâncias que tornam a fixação mais resistente.

Scalp Protection

Outro produto muito bacana que faz toda a diferença na conservação da da prótese é o Selador de Nós. Indicado para ser usado diretamente na película, ele protege os delicados nós reduzindo a chance dos fios se soltarem, aumentando, assim, a vida útil da prótese capilar.

Selador de Nós

Pronto! A sua pele já está preparada para receber sua reposição capilar indolor.

Na semana que vem vou escrever sobre os produtos para fixar a prótese invisível colada e a diferença entre eles, de acordo com cada perfil. Um abraço e até lá!




terça-feira, 29 de maio de 2018

Saiba como começou nossa campanha para doação de perucas usadas


Ao longo deste mês você, que me acompanha aqui no blog, ficou sabendo um pouco mais das parcerias entre o Soluções Capilares e instituições de apoio a pacientes com câncer. Através dessas parcerias, que na verdade são uma grande corrente de solidariedade, recebemos cabelos de doação, confeccionamos perucas e as repassamos para essas casas de apoio que, por sua vez, doam ou emprestam para pessoas carentes em tratamento oncológico. Tudo para que elas fiquem com a autoestima elevada e se sintam mais confiantes na vitória contra a doença.

Hoje resolvi voltar um pouquinho no tempo, mais precisamente em 2013, para contar como esse trabalho tão bonito começou. Na época estávamos recebendo muitas clientes já curadas do câncer que, por não precisarem usar mais a peruca as traziam na loja para vendê-las.

Foi a partir dessa demanda que pensei: “como não revendemos perucas usadas por que não sugerir a essas mulheres que doem suas perucas para que possamos reformá-las e, em seguida, repassá-las para quem está precisando, mas não tem condições pagar?” Assim tudo começou. Entretanto algumas clientes tinham um apego muito grande com essas perucas e não queriam doar. Como alternativa começamos a receber cabelos de doação. Incentivamos as pessoas a cortarem suas madeixas e nos entregarem.


Nosso primeiro cartaz da campanha de doação de perucas usadas

Esta corrente de solidariedade se expandiu de tal forma e as doações de cabelo não pararam de acontecer. Com isso algumas instituições começaram a nos procurar, entre elas o Hospital Mário Penna, referência no atendimento oncológico em BH, que por sinal atende muitas mulheres do interior de Minas que, infelizmente, não tem condições de arcar com os custos do tratamento e sequer comprar uma peruca, quando os fios começam a cair por causa da quimioterapia.

Ao conhecer nosso trabalho, este hospital ficou estimulado a fazer sua primeira campanha para receber cabelos de doação, que foram  repassados para nós e através de nossas mãos se transformaram em lindas perucas. Depois de prontas, elas foram doadas às pacientes atendidas. A iniciativa pioneira foi um grande sucesso, despertando, inclusive, o interesse de jornais e emissoras de TV.

Reportagem no Jornal Hoje em Dia – fevereiro/2013

Foto de minha avó, D. Wilma, publicada em reportagem no Jornal Estado de Minas, durante entrega de perucas no Hospital Mário Penna, em janeiro de 2014


Veja o que eu encontrei nos meus arquivos quando estava escrevendo esse post! Uma reportagem que a TV Alterosa/SBT gravou conosco sobre doações de perucas que fizemos para o Hospital Mário Penna em fevereiro de 2013: 


Hoje, passados cinco anos, nossas parcerias para fazer este trabalho, que como já disse é tão bonito, alcançou ONGs de diversos locais do estado, entre elas a ORCCA (Organização Regional de Combate ao Câncer), em Betim; o Núcleo de Voluntários de Caratinga no Combate ao Câncer; e mais recentemente a Casa Rosal, em Nova Lima.

Mas mais que falar da origem deste trabalho, gostaria, antes de terminar esse post, de incentivar a todas as nossas antigas clientes que já usaram perucas durante o tratamento contra o câncer, e que felizmente já estão curadas, a doar para quem, hoje, está precisando.

Se você tiver interesse, basta vir aqui na loja e entregar sua peruca. Nós vamos reformá-la e repassar para as instituições com as quais trabalhamos que atendem muitas mulheres carentes. Todas precisam bastante de receber a doação e, com isso, elevar a autoestima, condição essencial para quem precisa enfrentar o câncer.

O seu engajamento neste ato de solidariedade é muito (muito) importante! Pode trazer esperanças e despertar o sorriso de quem está enfrentando dias tristes. A mulher que vai receber sua peruca ficará extremamente feliz. Mas tenho plena certeza que a sua satisfação em ajudar será bem maior, ainda mais que você, por já ter enfrentado e vencido a doença, sabe melhor que ninguém do quanto estar bem diante do espelho é fator fundamental para o otimismo na cura.

Para trazer sua peruca até o Soluções Capilares basta se dirigir ao endereço abaixo:

Av. Cristóvão Colombo, 287A. Sobreloja 02. Acima do Feirashop – Savassi / Belo Horizonte. Telefones: (31) 3281-3431 | 3284-3948.
Horário de funcionamento:
Segunda a sexta-feira: 10h às 19h
Sábado: 9h às 13h
Não é necessário agendar.

Um abraço e até semana que vem!





terça-feira, 22 de maio de 2018

Recebeu uma peruca de doação? Saiba os cuidados que você deve ter ao usá-la


Neste mês de maio, conforme vocês já devem ter percebido, estou fazendo posts sobre doações de perucas aqui no blog. Na semana passada, por exemplo, contei como elas [as doações] funcionam. Recebemos cabelos de doação de instituições parceiras, confeccionamos as perucas e as entregamos para essas casas de apoio a pacientes com câncer que, por sua vez, doam ou emprestam para pessoas carentes que estão em tratamento.

Hoje vou falar exclusivamente com você que recebeu uma dessas perucas, mas precisa saber quais cuidados deve tomar para que ela dure mais tempo, continue linda, certinha na sua cabeça e depois possa ser devolvida e usada novamente por outra mulher que precise.

Para começar, é importante saber que a peruca vai vestir a sua cabeça, como uma roupa. Tem que estar perfeitamente ajustada, de forma confortável e segura. Para isso, as toucas são feitas com elásticos laterais onde se ajusta de acordo com o tamanho da cabeça.


Estando a peruca perfeitamente adaptada ao formato da sua cabeça é preciso ajeitar o cabelo e o tipo de corte de acordo com o seu rosto e o que você gosta. Para isso use uma escova apropriada e bons produtos, como se fosse o cabelo da sua cabeça. Dependendo do tipo de fio, vai precisar de um creme para pentear, de um óleo ou reparador de pontas. Tudo vai ser de acordo com o fio: anelado, liso, quimicamente modificado, tingido, etc.

Com o uso, a peruca vai ficar suja, como uma roupa mesmo. Então é preciso higienizá-la. Porém a lavagem é bem diferente de como lavamos o nosso cabelo. É preciso ser cuidadosa e muito gentil com a sua peruca. Siga este passo a passo:

1º: Desembarace a peruca com uma escova apropriada.

2º: Em uma bacia dilua o shampoo, preferencialmente com ação hidratante e coloque a peruca dentro desta bacia. Lave como se fosse uma roupa muito delicada. Não esfregue – nunca. Repita o processo quantas vezes for necessário, até que a água fique transparente. Esse sinal é a prova de que sua peruca estará realmente limpa.Feito isso, o próximo passo é enxaguá-la em água corrente e na temperatura ambiente, mas sem esfregar.

3º: Agora, retire o excesso de água com uma toalha (delicadeza sempre) antes de passar um bom condicionador ou até mesmo uma máscara de tratamento. Após a aplicação desses produtos penteie delicadamente e enxágue em água corrente.

4º: Envolva a peruca em uma toalha até que ela absorva o máximo de água possível.

Agora sua peruca está limpa. Pode colocá-la molhada ou espere secar. Caso escolha a segunda opção, você pode usar um suporte para peruca ou deixá-la sobre qualquer frasco longo que possa mantê-la “de pé”. Neste frio eu aconselho esperar secar. Isso porque colocar a peruca ainda úmida é como vestir uma roupa molhada, sua cabeça vai ficar fria e isto não é adequado, principalmente para quem está fazendo um tratamento como o seu.

Ahh, muito importante: nunca guarde sua peruca enquanto ela estiver molhada.

Pode usar secador, prancha e babyliss, sempre com bom senso e protegendo os fios com um bom creme.


Suporte para a peruca

O uso de uma peruca não restringe as atividades do seu dia a dia. Você terá somente que aprender a realizá-las de forma diferente. Por exemplo se for ao um clube ou praia é importante uso de um creme com protetor solar, além de chapéus e bonés para diminuir a incidência de sol nos fios. E lembre-se de fazer uma boa higienização do cabelo ao chegar em casa. Nesse processo recorra a cremes com alto poder emoliente. Eles são essenciais para manter a saúde dos cabelos.


Uma peruca bem cuidada deixa a mulher em tratamento ainda mais confiante e com a autoestima elevada

Uma observação muito importante. Caso você não esteja confortável com o uso da peruca, se sinta insegura ou qualquer outra coisa que a incomode, não deixe de procurar a instituição onde você recebeu a peruca. Eles têm um canal direto para solicitar todas as informações necessárias.

Então, e só relembrar o passo a passo abaixo e usufruir do seu novo cabelo:

1° Ajustar à cabeça
2º Adequar o tipo de corte e cabelo
3º Cuidados para manter a peruca bonita (lavagem, hidratação, etc.)
4º Aproveitar e ser feliz

Lembre-se: Cuidar da sua peruca de forma adequada é extremamente importante. Depois que você não precisar mais, ela será reformada e entregue a outra mulher. O importante é que essa corrente de solidariedade não termine na primeira doação. Um abraço e até semana que vem!






terça-feira, 15 de maio de 2018

Saiba como funcionam as doações de perucas


Volta e meia você deve ver aqui no blog alguns posts sobre doações de perucas feitas pelo Soluções Capilares, como por exemplo a que fizemos para a Casa Rosal, em Nova Lima, na semana passada. Talvez você deve estar se perguntando: “Eu posso doar meus cabelos para que eles sejam transformados em perucas?” “Se sim, como faço?”  No post de hoje vou tirar essas dúvidas e explicar como se dá a dinâmica de nossas doações.

Para essas doações acontecerem, nós fazemos parcerias com instituições sérias em todo o estado que auxiliam pacientes oncológicas sem condições de comprar uma peruca. Além da Casa Rosal, temos parceria também com a ORCCA (Organização Regional de Combate ao Câncer) em Betim, com o Núcleo de Voluntários de Caratinga no Combate ao Câncer, ONG localizada na cidade de Caratinga, no Vale do Rio Doce e com o Hospital da Baleia, em BH.

A partir do momento em que essas parcerias são firmadas, as instituições citadas repassam para nós os cabelos recebidos por meio de doação. E cabe a nós, ao receber esses cabelos, confeccionar gratuitamente as perucas, levando em conta a textura e o tipo dos fios. A mecha já deve estar cortada, limpa e não pode estar molhada. É importante também que ela tenha preferencialmente 20cm no mínimo para que existam alternativas de cortes e modelos.

Depois que a peruca é confeccionada por minha Ana Tompa, num processo 100% artesanal, a doação, enfim, é efetivada. Nesse momento nos encontramos com o representante da instituição parceira para oficializar o gesto.

Ana Tompa é responsável pela produção das perucas artesanais

Na semana passada entregamos duas perucas para a Casa Rosal

Fernanda Martins, Supervisora Assistencial da ORCCA, esteve recentemente no Ntc para buscar perucas que confeccionamos para doação

Perucas que doamos para o Núcleo de Voluntários de Caratinga no Combate ao Câncer


Uma vez que a peruca sai da loja, é de total responsabilidade da instituição que recebe a forma como ela será armazenada e entregue à paciente que precisa.

Não temos como saber como estas perucas são guardadas e como são entregues as pacientes necessitadas. Mas o que sei que faz total diferença é que os responsáveis pela entrega precisam ser atenciosos e passarem todas as informações importantes para esta mulher que vai receber esta peruca.

Para evitar que qualquer problema aconteça, algumas de nossas instituições parceiras, como a Casa Rosal, já têm um local próprio para condicionar essas perucas, uma espécie de mostruário/vitrine, onde elas ficam visíveis. Desse modo a paciente pode experimentá-las e escolher aquela que mais se adapta a seu rosto. E ajustes as vezes são necessários. Por isso o responsável pela entrega tem que ter sensibilidade no momento de ajudar esta mulher a experimentar as perucas.

No próximo post, vou escrever sobre todos os cuidados que a mulher que recebeu a peruca de doação precisa ter para mantê-la. Depois que ela não precisar mais, também pode devolver a peruca que nós reformamos e ajudamos uma outra mulher. Mas isso é assunto da próxima terça!

Vou deixar o contato de todas as nossas instituições parceiras aqui. Um abraço e até semana que vem!

Casa Rosal
Endereço: R. José Sabino Duarte, 288 - Quintas, Nova Lima - MG
Telefone: (31) 3541-0042

Hospital da Baleia
R. Juramento, 1464 – Saudade, Belo Horizonte – MG
Telefone: (31) 3489-1500

Núcleo de Voluntários de Caratinga no Combate ao Câncer
Endereço: R. Coronel. Antônio da Silva, 279 - Centro, Caratinga – MG
Telefone: (33) 3321-7042

ORCCA
Endereço: Rua Hum, 337 – Jardim Brasília, Betim – MG
Telefone: (31) 3595-3882 



sexta-feira, 11 de maio de 2018

Confira o registro da doação de perucas para a Casa Rosal


Nesta semana divulguei uma doação de cabelos que recebemos da ONG Casa Rosal, em Nova Lima. Dei uma passada aqui no blog hoje só para mostrar as fotos da entrega de duas perucas que produzimos para a instituição a partir dessa doação.  Na próxima terça, dia 15, estou de volta com uma nova postagem. Até lá!



quarta-feira, 9 de maio de 2018

Soluções Capilares faz nova parceria para doação de perucas



E a nossa corrente de solidariedade cresce a cada dia mais. A ONG Casa Rosal, em Nova Lima, nos procurou recentemente com cabelos recebidos através de doação, que foram entregues aqui no Soluções Capilares. Eles vão ser transformados em perucas, por minha mãe Ana Tompa, que, por sua vez, serão emprestadas a pacientes com câncer atendidas na instituição. Nesta semana, já vamos entregar duas perucas feitas com estes cabelos.

   

   

    
  Perucas que serão doadas a Casa Rosal

Para quem não conhece o trabalho da Casa Rosal, esta ONG auxilia pacientes oncológicos de diversas formas: fornece alimentos, cadeira de rodas, muletas, cama hospitalar...enfim. Tudo para que a pessoa tenha condições de enfrentar a doença com o mínimo de infraestrutura possível. 

Como eu gosto de sempre estar envolvida nesses projetos e emprestar meu trabalho para dar um pouco mais de esperança a pessoas que ficam fragilizadas pelo câncer (e a gente sabe que fica), não pude deixar de participar de mais esta ‘bela empreitada’.

Mas atenção! Sempre que for fazer uma doação de cabelo lembre-se das regrinhas básicas: a mecha já deve estar cortada, limpa e não pode estar molhada. É importante também que ela tenha preferencialmente 20cm no mínimo para que existam alternativas de cortes e modelos.

AH! E se você tem um tempinho livre na agenda, tente contribuir, do seu jeito, com algum tipo de trabalho voluntário. Quem recebe o auxílio fica imensamente grato, mas a recompensa para aqueles que ajudam também é valiosa e imensurável. Um abraço e até semana que vem!

Quer conhecer o trabalho da Casa Rosal? Basta ligar no 3541-0042 e agendar sua visita.

Endereço: R. José Sábino Duarte, 288 - Quintas, Nova Lima - MG
Instagram: @casarosal4242